Do ponto de vista ideológico, a adesão do “Centrão” a Alckmin faz mais sentido do que um eventual acordo com Ciro. Deu a lógica

Publicada: 20/07/2018 - 7:21


Do ponto de vista ideológico, os partidos que compõem o tal “Centro Democrático” estão mesmo mais próximos de Geraldo Alckmin (PSDB) do que de Ciro Gomes (PDT). Essa aliança faz mais sentido do que a outra. A resistência ao tucano tinha como referência apenas o seu desempenho nas pesquisas. E é pouco provável, diga-se, que haja grandes alterações antes do início do horário eleitoral, em 31 de agosto, meros 37 dias antes da realização do primeiro turno. Uma coisa é certa: ninguém disporá, como Alckmin, de tanto tempo para tentar convencer os eleitores.

Recomendado para você


Comentários