Menos ética e mais estética no Brasil! Caetano e Gisele para a Justiça e o Meio Ambiente! E já!

Deixo como alternativa para o cantor uma vaga no STF, no lugar de Barroso, que vai fundar uma ONG progressista, e as Minas e Energia para a modelo

Publicada: 26/08/2017 - 8:03


Caetano e Gisele: o governo não pode dispensar a sabedoria da dupla. De jeito nenhum!

Sim, vou escrever mais tarde. Por enquanto, digo apenas o que quero: as demissões de Torquato Jardim e Zequinha Sarney e as nomeações de Caetano Veloso e Gisele Bündchen, respectivamente, para a Justiça e o Meio Ambiente. Podemos pensar alternativas: Roberto Barroso renuncia ao Supremo e abre uma ONG “progressista”, e Temer indica Caetano para o tribunal. Gisele também pode aspirar ao Ministério de Minas e Energia.

Caetano, como se sabe, anda opinando bastante na área do direito. Seu professor é o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Mas quem canta melhor? Aí que está! Entenderam?

Eu quero Caetano na Justiça ou no STF para ver se ele volta a compor e a soltar seus trinados. Admito ser um raciocínio meio raso, mas o próprio cantante não me deixa alternativa: se, como membro da categoria “DOZARTISTA”, ele opina sobre Código de Processo Penal, impedimento de juiz, habeas corpus, prisão preventiva, impeachment, eleições diretas — e fala, invariavelmente, bobagem —. quem sabe, exercendo um cargo público, o cabra se dedique à sua profissão original.

Gisele, bem, Gisele… O que vocês querem que eu diga? Dançou, Zequinha, já era! Chegou-me a sua indignação com a questão da reserva mineral, de que ainda falarei.  Ficou claro que ela, a exemplo de quase todo mundo que opinou a respeito, não sabia do que estava falando. Deve ter acreditado em André Trigueiro…

Bem, a exemplo de Caetano, eu a quero ministra em nome da arte, não do que ela sabe sobre clorofila, minas de cobre ou exploração do ouro.

Ah, sei lá, gente, estou pensando em lançar um movimento na política: “Menos ética e mais estética”.

Menos ética? É! Considero aético o indivíduo usar de sua projeção pública adquirida numa determinada área para opinar sobre outra, da qual nada sabe.

Não parece bom!

 

Recomendado para você


Comentários