OS BOLSONAROS E O MOTORISTA 5: Queiroz já respondeu a processo disciplinar porque fez da filha beneficiária indevida de auxílio

Publicada: 07/12/2018 - 8:01


A assessoria de Flávio Bolsonaro afirma que Queiroz esteve lotado em seu gabinete de 2007 a 15 de outubro deste ano. Informa a Folha: “Em 2011, o policial militar respondeu a um processo disciplinar, pelo qual acabou condenado. Segundo a assessoria da Alerj, Queiroz recebeu bolsa de reforço escolar em favor da filha Nathalia, declarada como sua dependente. Nathalia, no entanto, exercia cargo comissionado no gabinete da liderança do PP, então partido de Flávio Bolsonaro, o que, segundo o regulamento da Casa, impediria que figurasse como dependente do pai.” Sim, Nathalia foi parar, depois, no gabinete de Bolsonaro, o agora presidente eleito.
Continua aqui

Recomendado para você