Ministro da Defesa diz que Forças Armadas são ativo democrático, com disciplina e hierarquia

Diz a nota: “Certo de que as Forças Armadas estão absolutamente subordinadas aos princípios constitucionais, à democracia, ao estado de direito e ao respeito aos Poderes constituídos, reitera o ministro Jungmann que há um clima de absoluta tranquilidade e observância aos princípios de disciplina e hierarquia”

Publicada: 18/09/2017 - 22:39


Rauil Jungmann: ministro da Defesa destaca disciplina das Forças Armadas

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, emitiu uma nota sobre as declarações do general Antonio Hamilton Mourão, que é secretário de economia e Finanças do Exército. Na sexta, ele participou, por via eletrônica, de um evento da maçonaria e defendeu, sem espaço para dúvidas que as Forças Armadas intervenham na política se o Poder Judiciário não fizer o que ele considera certo. Que nome teria a ação defendida pelo general? Simples! Seria um golpe. Já escrevi a respeito. Segue nota publicada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann:

“O Ministro Raul Jungmann convocou o Comandante do Exército, General Villas Boas, que se encontra em tratamento em São Paulo, para esclarecer os fatos relativos a pronunciamento de membro do Alto Comando do Exército e orientá-lo quanto às providências a serem tomadas.

Certo de que as Forças Armadas estão absolutamente subordinadas aos princípios constitucionais, à democracia, ao estado de direito e ao respeito aos Poderes constituídos, reitera o ministro Jungmann que há um clima de absoluta tranquilidade e observância aos princípios de disciplina e hierarquia, constitutivos das Forças Armadas, que são um ativo democrático de nosso País.”

Recomendado para você


Comentários