Advertência dos números 2: imensa massa de 42.465.941 de eleitores não quiserem saber nem de um candidato nem de outro. Cuidado!

Publicada: 29/10/2018 - 8:18


É bom porque ainda que haja muita gente por aí a se oferecer para disputar o voto do eleitor se dizendo um não-político, a desesperança persistiu em muitos milhões. Os brancos (2,14%) e nulos (7,43%) somaram 9,57% dos votos no segundo turno: uma massa imensa de 11.094.674, maior do que a diferença que separou Jair Bolsonaro de Haddad: 10.756.849 pessoas. Outras 31.371.267 pessoas simplesmente não quiseram nem aparecer no pleito: somam 21,3%. Estamos falando de 42.465.941 pessoas que trabalham (ou procuram emprego), pagam impostos, ficam indignadas, têm problemas como qualquer um de nós e simplesmente não se sentem representadas por nenhum dos dois candidatos. Ou, então, estão mesmo descrentes da política. Nem uma polarização como essa — ou até por causa dela, sabe-se lá — foi capaz de movê-las para um candidato ou para o outro. Ocorre que toda essa gente também é alvo das políticas públicas implementadas pelo governo. Essas pessoas, note-se, podem até não votar. Mas, se preciso, sabem protestar.
Continua aqui

 

Recomendado para você