BATTISTI 3: O então ministro da Justiça deixou claro que só não extraditou Battisti em razão de suas vinculações com a política. Espantoso!

Publicada: 14/01/2019 - 6:15


Como se vê, Tarso se obrigou a considerar que matar inocentes estava fora das coisas aceitáveis. Por que, então, o assassino se tornou merecedor do refúgio? Por causa de sua militância política! Pergunta: tratava-se de um humanista ou democrata lutando contra a tirania? Não! Tratava-se de um terrorista que matara pessoas para tentar derrubar um estado democrático e de direito e implementar um regime comunista. O que está escrito daquelas torpes linhas assinadas por Tarso Genro é que, não fosse a vinculação de Battisti com a esquerda armada, fosse ele um assassino comum, já teria sido despachado de volta para a Itália. Mas quê… Ele matou quatro pessoas E tinha uma causa. Vejam que, segundo o texto do petista, nem é preciso escrever “Ele matou quatro pessoas em nome de sua causa”. Basta coordenar os elementos: ele matou E tinha uma causa.
Continua aqui